PENSAMENTO DO DIA
PENSAMENTOS e FILOSOFIA

JUNHO de 2010


www.nossosaopaulo.com.br

Voltar ao Atual Pensamentos e Filosofia - CLICK AQUI e pesquise por outros textos ou autores em nossa Base de Dados , ou utilize o GOOGLE:

Google
 

24/Junho/2010:

“ TEOREMA ESFINGE ”
Projeto UNESCO - Como Vencer a Pobreza e a Desigualdade

"Em que intricada matemática estaria o teorema ou a solução para o problema?
É quase certo que não esteja no poderio exacerbado das máquinas, tampouco no lúcido
raciocínio dos gênios da humanidade."

TEOREMA ESFINGE

" Enquanto o sol ladrilha o dia com esfuziante balé de fótons e cores, e as ruas
se apinham de automóveis das mais variadas marcas e modelos, a exibir o status
dos seus donos; enquanto os aviões – relâmpagos de aço – rasgam os azuis dos
céus, gordos de gente, e as bolsas dançam sua gangorra nervosa do sobe-edesce,
nos quatro cantos do mundo, um medonho espetáculo apavora o homem:

filhos do abandono brotam nos lixões como lírios ulcerosos de canteiros incômodos.
No esplendor das ruas, flanelinhas mostram a nudez desconcertante
das costelas e estendem as mãos magras e ameaçadoras. Nos rasos das catarinas
agrestes, retirantes protagonizam, com a fome e a sede, uma dolorosa tragédia.
Em que intricada matemática estaria o teorema ou a solução para o problema?

É quase certo que não esteja no poderio exacerbado das máquinas, tampouco
no lúcido raciocínio dos gênios da humanidade. Se assim fora, a geração do
século das luzes e, hoje, a nanotecnologia já o haviam equacionado. Muito menos
alguém o encontrará nos discursos messiânicos dos palanques políticos, nem
mesmo nas prédicas filosófico-religiosas dos púlpitos e igrejas. Rousseau e
Proudhon asseguram que esse mal tem raízes fincadas na questão da propriedade
em vez da posse. Outros apontam a espoliação do capital especulativo estrangeiro.

O certo é que o homem, esse ser racional que ainda não encontrou
uma vacina eficaz para estancar o avanço das mazelas sociais, há de buscar em
outras fontes a solução para a questão angustiante do "apartheid" econômicofinanceiro
em que se mergulharam as nações.

A resposta pode estar – e é factível que sim – no recôndito da alma humana.
Há que se reconstruir o homem, retirar-lhe do peito o império da cifra e
reimplantar-lhe um novo coração, mais anímico, menos maquinal. Há que se
aprender a tecer uma nova teia social, onde os laços não sejam estanques,
excludentes, mas um traço de união, um abraço de "anjos de uma asa só", para
possibilitar o vôo até uma civilização menos doentia, mais duradoura. Reaprender
o afago, ainda que de olhar; reabilitar a ternura, ainda que tímida e tardia.
Exercitar a difícil partilha de poder, desviar um pouco os olhos do próprio umbigo
e enxergar o outro como semelhante.

Já se teme não alcançar a meta estipulada de redução da pobreza e da miséria
até 2015. O inchaço das metrópoles se dá a cada ano em tamanho, solidão e
medo. Ou o se aprende a domar a gana, estancar o rio do individualismo, ou o
ar rarefeito dos palacetes casmurros e lacrados sufocará seus poucos monarcas.
Ou se formula um teorema urgente para se aplacar o vulcão do caos social, ou a
esfinge da exclusão acaba por devorar a paz. Aí, sim, tão-somente restará, perplexo,
por sobre o abismo da raça humana dizimada, o anjo do Apocalipse.

( André Magalhães Lima - UFBA - Universidade Federal da Bahia - Salvador - BA )
Quer dar sua opinião sobre este texto? CLICK AQUI e Fale Conosco!!!
- Desde que citada a fonte e mantido como está, esse texto pode ser livremente republicado -

 

Pensamento do Dia - Esta página mantém Pensamentos, Filosofia, Negócios e Mensagens de Otimismo. This page keeps information concerning Philosophy, Thinks and Sublime Optimism Messages.
Portal Nosso São Paulo - www.nossosaopaulo.com.br