PENSAMENTO DO DIA
PENSAMENTOS e NEGÓCIOS

FEVEREIRO de 2004


www.nossosaopaulo.com.br

Voltar ao Atual

02/Fevereiro/2004:

 

"A HIPOCRISIA SOBRE A ESCRAVIDÃO BRANCA - 3"
(veja o artigo completo)

"(...) Por quê então falamos de hipocrisia ?

Quanto aos trabalhadores mais humildes, vemos legiões infindas de 'contratados', 'terceirizados', 'quarteirizados' ... e 'esquartejados'..., subempregados de várias nuances, camelôs, 'micoempresários' e todos os derivados, isso em todos os níveis e todas as profissões, desde as mais simples às mais especializadas que utilizam mesmo o computador, a internet e a robótica. A carteira assinada e o 'emprego fixo', tão desejados aos filhos pelas nossas amorosas mães, passaram a ser execrados como verdadeiros demônios pelos 'head hunters' (caçadores de cabeça na acepção do termo) de plantão e pelos especialistas em RH (onde deveria ser lido 'recursos HUMANOS' que teria a ver com HUMANIDADE...), a serviço exclusivo do capital selvagem e sem comiseração.

Os direitos trabalhistas, conquistados a duras penas pelos trabalhadores brasileiros, passaram a fazer parte da nossa mitologia... Se ainda existem 'legalmente', ninguém os vê na realidade! E em se falando dos 'direitos legais e legítimos', vemos hordas de lobistas, de vários matizes, esforçando-se ao máximo para extirpá-los, de uma vez por todas, da própria lei, sob o disfarce das bandeiras da 'modernidade', da 'livre negociação', das 'necessidades de economias globais' e outras arengas do gênero, 'vendidas' brilhantemente em caríssimas campanhas de mídia, que utilizam-se inclusive dos pequenos empresários, como 'massa de manobra' para tal, esses desesperados em encontrar soluções, quaisquer que sejam, para viabilizar os contratos absurdos a que têm de se submeter, frente aos donos do capital e do porder (...)"

( Engº Celio Franco - Gestor do Portal Nosso São Paulo )

03/Fevereiro/2004:

"A HIPOCRISIA SOBRE A ESCRAVIDÃO BRANCA - FINAL"
(veja o artigo completo)

"Concluindo, a ESCRAVIDÃO, seja branca, negra, vermelha, verde, amarela ou de qualquer outra 'coloração', é um dos males mais sórdidos que ainda persistem no mundo atual. Este mal DEVE ser combatido, tanto pelos governantes como pelos cidadãos do planeta, em todos os seus redutos e por todos os meios, legais e morais. O que se ABOMINA, todavia, e se denuncia com coragem neste artigo, é a hipocrisia do MARKETING da ESCRAVIDÃO, apoiado em uma mídia poderosa, que rende votos e reconhecimento, mas que se restringe na conhecida ELEIÇÃO de 'bodes expiatórios', que nem de longe representam o mal em si, não tocando no cerne do problema, empurrado 'para debaixo do tapete'.

Se as autoridades constituídas desejam, realmente, declarar guerra às práticas de 'escravidão branca' vigentes neste país, como é seu DEVER CONSTITUCIONAL e MORAL, devem mobilizar toda a sua estrutura neste sentido, mormente a fiscalização do trabalho e a 'justiça' trabalhista, mas para ações efetivas, verdadeiras e permanentes, que se iniciem pelas MEGA CORPORAÇÕES e, entre essas, pelas estrangeiras, mega corporações essas que possuem esmerado 'expertise' nas práticas 'escravagistas modernas' dentro desse nosso querido e maltratado BRASIL, que burlam acintosamente a legislação trabalhista, sob a orientação de dispendiosas 'assessorias jurídicas', causando incalculável dano aos trabalhadores e suas famílias, por estenderem sua ação nociva às empresas menores, ora dando-lhes o exemplo, ora impingindo-lhes contratos inexeqüíveis!"

( Engº Celio Franco - Gestor do Portal Nosso São Paulo )

04/Fevereiro/2004:

"MÁXIMAS DA FILOSOFIA - 44"

"A maior riqueza é a SAÚDE."

( Waldo Emerson - 1803/1882 )

05/Fevereiro/2004:

"MÁXIMAS DA FILOSOFIA - 45"

"A amizade verdadeira não é cega, mas se enxerga defeitos nos corações amigos,
sabe amá-los e entendê-los mesmo assim."

( André Luiz )

06/Fevereiro/2004:

"MÁXIMAS DA FILOSOFIA - 46"

"A sabedoria não nos é dada; é preciso descobri-la por nós mesmos, depois de uma viagem que ninguém nos pode poupar ou fazer por nós."

( Marcel Proust - 1871/1922 )

09/Fevereiro/2004:

"MÁXIMAS DA FILOSOFIA - 47"

"Uma noitada em que todos os presentes estão absolutamente de acordo é uma noitada perdida."

( Albert Einstein - 1879/1955 )

10/Fevereiro/2004:

"MÁXIMAS DA FILOSOFIA - 48"

"Aqueles que gastam mal o seu tempo são os primeiros a queixar-se da sua brevidade..."

( Jean De La Bruyère - 1645/1696 )

11/Fevereiro/2004:

"NOSSA OPINIÃO SOBRE A
PEC-235/2004 do Dep. Milton Barbosa - PFL/BA"

"Mais uma vez vemos o tema da escravidão em pauta, e conforme proposto pelo nobre deputado baiano, o artigo 243 da Constituição Federal passaria a ter a seguinte redação:

Art. 243 – Serão imediatamente expropriadas e especificamente destinadas ao assentamento de colonos, sem qualquer indenização ao proprietário e sem prejuízo de outras sanções previstas em lei, as propriedades em qualquer região do País, onde:

I) forem localizadas culturas ilegais de plantas psicotrópicas;
II) ficar comprovada a existência de trabalho escravo.
Parágrafo Único : Todo e qualquer bem de valor econômico apreendido:

a) na hipótese do inciso I, quando decorrente do tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins, será confiscado e reverterá em benefício de instituições e pessoal especializados no tratamento e recuperação de viciados e no aparelhamento e custeio de atividades de fiscalização, controle, prevenção e repressão do crime de tráfico dessas substâncias.
b) na hipótese do inciso II, as culturas, benfeitorias e os bens móveis e semoventes, apreendidos no local, reverterão em benefício dos assentados, prioritariamente os cidadãos resgatados, ou do aparelhamento de fiscalização, controle e repressão ao trabalho escravo.

Analisando a referida PEC, notamos o real interesse do autor em coibir a prática da escravidão no país com uma punição severa, em contraposição ao que hoje ocorre, segundo ele: '... A punição, quando acontece, é ilusória : as multas irrisórias não são pagas, processos são arquivados por prescrição, as desapropriações pelas quais são pagas vultuosas indenizações, representam um prêmio para os infratores, e o simples resgate dos escravizados é inútil, porque o problema se repete ...'.

Ainda, seguindo a sua linha de raciocínio, a alvo de semelhante modificação seriam os grandes grupos econômicos, praticantes da escravidão, o que assusta sobremaneira a nós, simples cidadãos:

'... Somente um grupo econômico, o Quagliato, possuidor de 13 fazendas no Pará, já teve 6 fazendas autuadas, sendo que uma delas foi reincidente 7 vezes...'

'... As denúncias abrangem até multinacionais como a Volkswagem, bancos, como o Bradesco e o Bamerindus, atualmente HSBC, seguradoras, como a Atlântica Boa Vista e o Sul América, grandes empresas, como a Supergasbras, Matsubara e Manah Fertilizantes, Gol Linhas Aéreas, todas, utilizando incentivos fiscais para a implantação de projetos na região; todas se defendem, alegando que nunca foram processadas ou condenadas e isso sucede pelos motivos já referidos; outra defesa, constante mas inconsistente, é a alegada ignorância do que ocorre ...'.

'... A defesa é sempre a alegação da ignorância do fato e que a exploração dos trabalhadores é feita pelos intermediários, encarregados de contratar mão de obra, os chamados “gatos“, mas se isso acontece é devido ao dolo ou omissão do patrão, o que não é escusa aceitável perante a lei...' .

Sem dúvida, é louvável a argumentação do nobre deputado, mas aqui, nos achamos no dever de analisar o 'outro lado da moeda' que, pasmem, existe: o que aconteceria com um fazendeiro de bom coração e bons princípios (por incrível que possa parecer, a regra e não a exceção) que, preocupado com a extrema miséria de famílias que batem à sua porta, todos os dias, em busca de um teto e de comida, oferecesse uma área de sua fazenda para que pudessem viver e plantar, dividindo com ele os lucros de sua produção ou mesmo por simples prática da CARIDADE, ensinada pelo CRISTO, se entre essas famílias estivessem pessoas com interesses escusos ? Teria, sem dúvida, sua fazenda expropriada, eleito como um belíssimo exemplar de 'bode expiatório', além de ser acusado de escravocrata! Quem impediria que isso ocorresse se a própria Constituição legitimaria esses processos ?

Será que esse dispositivo constitucional não serviria para aterrorizar ainda mais os bons produtores rurais, afastando a cada dia a possibilidade do retorno das belas colônias rurais do passado, berço de muitos dos grandes nomes desse país e onde famílias inteiras, embora em estado de pobreza, viviam uma vida digna e muito mais saudável do que nos dias de hoje, em uma sociedade sem empregos, amontoados nas favelas urbanas e outras malformações das cidades modernas ? Serão essas colônias do passado um mal ou um bem? Será que não poderiam colaborar para resolver em parte os males sociais que vivenciamos hoje ? Como se pode comparar a bucólica vida no campo do passado recente, embora sem os 'direitos trabalhistas', com os diabólicos contratos, legais mas amorais, exclusivamente controlados por 'gatos... e ratos ...' de toda espécie, senhores absolutos dos trabalhadores rurais na atualidade ?

Com toda certeza, entendemos que cabe uma grave reflexão acerca desse problema, e ademais, que a solução não parece se assentar sobre essa 'PEC - projeto de emenda à constituição', que não vai resolver o problema contra os poderosos (seus alvos primários), pois esses saberão se defender muito bem, mas que deve criar ainda mais problemas para os pequenos e honestos agricultores desse país ... ”

( Eng. Celio Franco - Gestor do Portal Nosso São Paulo )
click aqui e leia também: "A Hipocrisia sobre a Escravidão Branca"

12/Fevereiro/2004:

"MÁXIMAS DA FILOSOFIA - 49"

"Só teremos consciência da importância da água quando o poço secar. ”

( Provérbio Escocês )

13/Fevereiro/2004:

"MÁXIMAS DA FILOSOFIA - 50"

"Podemos praticar atos nobres sem ter de dominar a terra e o mar. ”

( Aristóteles - 384ac/322ac)

16/Fevereiro/2004:

"MÁXIMAS DA FILOSOFIA - 51"

"É preciso toda uma comunidade para educar uma criança. ”

( Provérbio Africano )

17/Fevereiro/2004:

"MÁXIMAS DA FILOSOFIA - 52"

"O mundo é um belo livro, mas pouco útil para quem não sabe ler...”

( Carlo Goldoni - 1707/1792 )

18/Fevereiro/2004:

"MÁXIMAS DA FILOSOFIA - 53"

"Aprendendo, ensinarás; ensinando, aprenderás!”

( Provérbio Latino )

19/Fevereiro/2004:

" NOÇÕES DE LAR "

"No processo de transformação do mundo, prevista nos desígnios superiores, há um elemento fundamental - O LAR.
O LAR é o fermento que levedará a massa toda.

Pequeno até mesmo na grafia, diminuído por alguns intelectuais que o tratam como remanescente da época medieval, já superado pelas novas experiências de 'vida livre' é, no entanto, instituição essencialmente divina e base da recuperação da humanidade transviada, através do esforço do homem e da mulher.

Por enquanto, raros conhecem que o LAR é instituição essencialmente divina e que se deve viver, dentro de suas portas, com todo o coração e com toda a alma.

A tarefa da mulher, no LAR, não pode circunscrever-se a umas tantas lágrimas de piedade ociosa e a muitos anos de servidão, todavia, o movimento contemporâneo do feminismo desesperado constitui abominável ação contra as verdadeiras atribuições do espírito feminino.

Dentro do LAR a inspiração; fora dele, a atividade. Uma não viverá sem a outra.”

( Chico Xavier/André Luiz - NOSSO LAR - 1944 )
pequenas ênfases e adaptações de nossa responsabilidade

20/Fevereiro/2004:

" OS NÃO CLIENTES "

"Os não clientes são tão importantes como os clientes,
quando não mais, porque são clientes potenciais.”

( Peter Drucker - Peter Ferdinand Drucker - Site - 1909/*** )

23/Fevereiro/2004:

"O FUNDADOR DE ROTARY"

"Deus permitiu que minha visão fosse curta para as imperfeições dos homens e das nações, e aguda para as suas virtudes.”

( Paul Percy Harris - fundador de Rotary International - 1868/1947 )

25/Fevereiro/2004:

"MÁXIMAS DA FILOSOFIA - 54"

"Ações devem culminar em sabedoria.”

( Bhagavadgita ou Srimad Bhavavad Gita - Livro Sagrado dos Vedas )

26/Fevereiro/2004:

"MÁXIMAS DA FILOSOFIA - 55"

"O futuro tem muitos nomes. Para os fracos, é o inatingível.
Para os temerosos, o desconhecido. Para os valentes, é a oportunidade...”

( Victor Hugo - Poeta Francês - 1802/1885 )

27/Fevereiro/2004:

"O SONO, A INTERNET E A INTELIGÊNCIA "
Livro Harry Potter na Vida Real
- Capítulo 1 - DICAS - Ver Início

"Os pesquisadores da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, fizeram uma experiência e concluíram que ficar estudando à noite e dormir pouco faz com que o cérebro guarde pouco conhecimento. As pesquisas foram conduzidas pelo Dr. Robert Stickgold. Confirmando a história anterior, a emoção tranqüila abre as janelas da memória.

Alguns estudam muito mas aprendem pouco. Uma das causas é porque dormem mal. O sono ruim dificulta a concentração, que dificulta o registro na memória, que dificulta o aprendizado.

Toda pessoa é inteligente. Depende de como ela é estimulada. Durma bem, aquiete o pensamento e estude descansado. Veja os resultados. Um recado do professor Estressildo aos internautas: Naveguem, mas não afundem ... ”

( Dr. Augusto Jorge Cury - Biografia - 1958/*** )
Quer dar sua opinião sobre este texto? CLICK AQUI e Fale Conosco!!!

 

Portal Nosso São Paulo - www.nossosaopaulo.com.br

 

Voltar ao Atual