PENSAMENTO DO DIA
PENSAMENTOS e NEGÓCIOS

ABRIL de 2004


www.nossosaopaulo.com.br

Voltar ao Atual

 

01/Abril/2004:

“ DÁ DE TI ”

“ Dá de ti! Dá de ti, quanto puderes:
O talento, a energia, o coração.
Dá de ti para os homens e as mulheres,
Como as árvores dão e as fontes dão.

Não somente o sapato que não queres
Ou a capa que não usas no verão;
Darás tudo que fores e tiveres:
O talento, a energia, o coração!

Darás sem refletir, sem ser notado,
De modo que ninguém diga obrigado,
Ou te deva dinheiro ou gratidão.

E com espanto notarás um dia,
Que viveste fazendo economia
De talento, energia e coração. ”

( Giuseppe Guiaroni - Cartilha Rotária )
Caso alguém possua informações adicionais sobre o autor, agradecemos o envio!!!

02/Abril/2004:

“ TCO (total cost of ownership) - Parte 1”

“ Muito se tem falado e discutido sobre o tema TCO (Custo Total de Propriedade) nos últimos meses, mormente após o governo federal ter entrado de forma determinada, não apenas na discussão, mas na implantação do 'software livre' através do 'Comitê Técnico de Implementação de Software Livre'.

Vivemos por anos a fio, desde a década de 80 - lembram-se do MS-DOS??? - sob a hegemonia ou mesmo o monopólio da gigante americana Microsoft, não somente no Brasil, mas em todo o mundo. O incrível é que o finlandês Linus Torvalds (nascido a 28 de dezembro de 1969), nem sequer imaginava a revolução tecnológica que estava iniciando quando lançou, em 05 de Outubro de 1991, o seu protótipo de sistema operacional 'Linux 0.02', abrindo seu código para colaboração através da rede.

Em 10 ANOS, desde o seu lançamento, em 1991, e a decisão da gigante IBM, em 2001, de investir US$ 1 bilhão nesta plataforma, o que pode ser considerado como um grande marco, o LINUX se transformou de um experimento de laboratório de estudantes universitários num fortíssimo oponente ao WINDOWS, em todos os setores, mormente nos ambientes de servidores de alta disponibilidade e, quando se trata de serviços relacionados à Internet, reina absoluto já há muito tempo!!!

Mas o que isso tem a ver com o TCO ? É sempre bom nos localizarmos no tempo antes de procurarmos entender determinado assunto...”

( Engº Celio Franco - Portal Nosso São Paulo )

05/Abril/2004:

“ TCO (total cost of ownership) - Parte 2”
PARTE 1

“(...) Mas o que isso tem a ver com o TCO ? É sempre bom nos localizarmos no tempo antes de procurarmos entender determinado assunto...

Após vivermos mais de duas décadas sob a hegemonia MS-DOS/Windows - vale lembrar que foi a mesma IBM quem iniciou/financiou este sistema operacional, lembram-se do PC-DOS para o IBM-PC??? - temos uma alternativa viável e robusta: o LINUX, além de 'livre e aberta'. Somente por este motivo o ser humano já seria vencedor... digam aqueles que já tentaram enfrentar o poder econômico...

Todavia, ninguém 'larga' o poder facilmente, além do que, um verdadeiro império mundial está sob ameaça, o que contraria uma miríade de fortes interesses. Na história da humanidade, nem sempre os melhores inventos ou as melhores tecnologias foram vencedoras: lembram-se do VHSxBETAMAX???

Neste cenário foi declarada uma nova 'guerra', guerras essas que, na maioria das vezes, não são ganhas no 'campo de batalha', mas nos 'bastidores do poder'... E como estratégia importante desse embate vemos emergir a sigla TCO (custo total de propriedade), uma variável com a qual os consultores já trabalhavam há muito tempo, mas que nunca teve tanto destaque na grande mídia.

Por quê a gigante americana escolheu esta sigla, TCO, como uma de suas importantes aliadas???
Porquê vislumbrou, acertadamente, que ela teria o poder de MUDAR o FOCO da discussão, 'a priori' bastante simples: escolha entre um software proprietário de código fechado, bastante difundido no mundo e um software livre, com código aberto, ainda não muito conhecido das 'massas'.

Mas como isso é possível ???
A mudança do foco ocorreu porque nos cálculos de TCO são considerados uma série de outros fatores, que não o software propriamente dito: os custos do hardware (entre 8 e 20%) envolvido nas soluções e, principalmente, os custos relativos a RH (entre 70 e 80%) ???...

Incrível não, mas a mudança do foco da discussão se dá, principalmente, pelo fator RH. Leia-se Recursos Humanos mesmo, profissionais, consultoria, treinamento e outros serviços que representam até oitenta por cento (80%) do TCO (custo total de propriedade).... Isso tende a mascarar a VERDADEIRA disputa, ou seja, o SOFTWARE, que fica abaixo de reles 8% do total dos custos envolvidos.

Sem dúvida, uma brilhante estratégia que tem DESFOCADO muitas mentes. Por quê simplificar, se podemos tirar vantagem da complexidade ??? (...)”

( Engº Celio Franco - Portal Nosso São Paulo )

06/Abril/2004:

“ TCO (total cost of ownership) - Parte Final ”
Veja o início: PARTE 1

“(...) Com toda certeza, nessa nova 'guerra' tecnológica ainda veremos muitas batalhas entre LINUX e WINDOWS e, como em toda 'guerra', os valores da ética e da verdade muitas vezes serão esquecidos ou adulterados, como conseqüência do estágio de evolução moral 'miserável' no qual o 'ser humano' insiste em permanecer, com vistas a simplesmente 'vencer'.

Estamos torcendo para que, dessa vez, o usuário comum da tecnologia saia como verdadeiro vencedor. Talvez seja apenas mais um SONHO, mas os sonhos é que nos dão alento para viver a vida e, como disse o grande poeta:

"You may say I'm a dreamer
But I'm not the only one
I hope someday you'll join us
And the world will live as one."

... Que ele (o usuário comum) possa equipar seus computadores, de casa e do escritório, fora da pirataria, legalmente e com serviços de suporte aceitáveis, mas a custos razoáveis. Que possa contar com softwares confiáveis, iniciando pelo Sistema Operacional, a 'alma da máquina', onde mensagens de GPF, necessidade de 'reformatação' e similares sejam coisas do passado, onde um 'upgrade' considere o pagamento inicial efetuado e considere o cliente com o respeito a ele devido.

'Sonhamos' em que a gigante 'HAL', nossa velha conhecida dos tempos de '2001 Uma Odisséia no Espaço', realmente tenha adquirido 'consciência' e responsabilidade, e que empreste todo o seu poder para que a nova plataforma vença e, em sendo vencedora, não 'desvirtue' seus objetivos iniciais.

Mas por quê colocamos essa dúvida: que não 'desvirtue' os objetivos primeiros?
Porque entendemos ser este o GRANDE DESAFIO!!!
É fácil criticar a 'Dona do Windows' pelo abuso do poder econômico, pelo monopólio, por vender sistemas 'em desenvolvimento' e outras conhecidas perversões, porque ela detém o poder!!!

Quem nos garante que os 'Novos Players' vão cumprir sua promessa ? Que em sendo vencedores honrarão a filosofia do 'software livre' e do 'código aberto' ? Que um novo monopólio tecnológico seja melhor ou pior?

Temos visto empresas poderosas se acercando do LINUX, 'a bola da vez', com interesses os mais diversos e nem sempre revestidos de 'pureza'. Vemos, estupefatos, nascerem alguns termos interessantes como 'Linux Livre', 'Linux Corporativo',.... Vemos aumentar gradativamente o grau de dificuldade de se obter o 'software livre' via INTERNET, principalmente as versões mais recentes, que são 'vendidas' em pacotes...

Será que, mais uma vez, veremos acabar o sonho e a poesia?

'Imagine no possessions
I wonder if you can
No need for greed or hunger
A brotherhood of man
Imagine all the people
Sharing all the world...'

Será que os velhos e conhecidos servos de MAMON não estão querendo se apossar da 'prometida' para 'desvirtuá-la'? Somente o tempo, esse 'implacável dominador de homens e civilizações', que caminha apenas segundo por segundo, mas nunca se detém, nos dirá...
O GRANDE DESAFIO, tanto para os amantes do 'software livre' como para o usuário comum, é que ele seja resguardado de uma 'traição'. Até então, para nós, 'míseros mortais' coadjuvantes, talvez o mais sensato seja 'não colocar todos os ovos no mesmo cesto'...”

( Engº Celio Franco - Portal Nosso São Paulo )
Quer dar sua opinião sobre este texto? CLICK AQUI e Fale Conosco!!!

07/Abril/2004:

“ 100 ANOS DE EVOLUÇÃO ”
1903 - 2003

“(...) O avanço tecnológico da companhia FORD permitiu reduzir a carga horária dos trabalhadores e aumentar-lhes os salários. Esse fato concorreu para incrementar a popularidade de Henry Ford, que repetiu muitas vezes iniciativas liberais típicas do capitalismo desenvolvido e contribuiu, com essa política, para fortalecer e firmar a FORD como uma das grandes indústrias automobilísticas do mundo. Dizia: 'o modo de se fazer um automóvel é fazer um igual a outro. Se você não alterar o design e concentrar na produção, conforme o volume aumenta, os carros certamente ficarão mais baratos. Isto significa fazer carros que os trabalhadores possam comprar'. E ainda: 'Eu vou construir um automóvel para a grande multidão... construído com os melhores materiais, pelos melhores homens, como os designs que a moderna engenharia pode proporcionar... tão baixo no preço que qualquer homem ganhando um salário razoável poderá adquirir um e aproveitar com sua família a bênção das horas de prazer'. Esta filosofia de negócios fez de Henry Ford um dos homens mais ricos do mundo e um herói americano (...)”

( Alicia Assine - trecho do artigo publicado em www.taste.com.br )

Nossa Opinião: Imaginamos que os nossos industriais, bem como os responsáveis pela economia brasileira, de há muito deveriam reler os pensamentos de Henry Ford, mormente as frases que sublinhamos no texto original. FORD foi um CAPITALISTA convicto, mas como o próprio texto diz, 'um capitalista desenvolvido', que compreendeu muito bem o fato de que o CAPITALISMO depende do MERCADO, que por incrível que possa parecer é formado pelas pessoas, pelos trabalhadores 'com dinheiro no bolso para gastar, para comprar os produtos ofertados, não somente os básicos, mas os supérfluos também...
Parece simples..., e com essa filosofia FORD criou o MAIOR mercado doméstico e a economia mais forte dos nossos tempos: nos EUA! Talvez devamos comemorar, nesta data, não somente a morte do grande Henry Ford, mas a morte do verdadeiro 'capitalismo moderno' ou 'capitalismo desenvolvido'...
( Eng. Celio Franco - Gestor do Portal Nosso São Paulo )

08/Abril/2004:

“ ATITUDE DE AMOR ”
- trechos da palestra -

“(...) Nossa meta essencial é o amor, a atitude que reflete Deus em nós.
Meditemos na inolvidável pergunta do Mestre: Que galardão teremos em amar somente os que nos amam?

(...) A renovação de atitudes na edificação de uma nova mentalidade solicita uma inevitável mudança cultural em nossos ambientes doutrinários. O repúdio ao debate e a aversão ao confronto de opiniões são expressões do institucionalismo que ainda estão presentes no psiquismo humano, muita vez realimentado por organismos e oradores respeitáveis.

(...) A melhor instituição será a que mais expandir as condições para o amor.
O melhor homem será o que mais apresentar tenacidade em amar.
A melhor Casa será a que mais implementar o regime de amor em grupo, imprimindo a seus deveres um caráter educacional.

(...) Os heróis de fibra moral estão despedindo-se da Terra, porque cumpriram seu ministério de amor. Agora é o tempo dos atos solidários pela união das forças, relembrando o calvário no qual Jesus despediu-se glorioso, conferindo a continuidade da obra a quantos partilharam Seu percurso Divino.
Melhoremos o homem, despreocupemos dos excessos de medidas quanto á renovação de modelos institucionais que, inevitavelmente, surgirão sem pressa. Urgente é nossa adesão consciente aos princípios éticos da mensagem de Jesus atualizada pelo Espiritismo, sem o qual os modelos organizativos, por mais ajustados, vão ruir improfícuos.

(...) Amparemos nossa bendita Seara em seus novos dias, relembrando sempre a nossos tutelados a importância do amor.
Rememoremos como fonte inspiradora de nossa campanha a sublime e inesquecível fala de nosso Mestre: 'Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros.'

( Bezerra de Menezes - trechos de 'Atitude de Amor' - 1831/1900 )

12/Abril/2004:

“ ENCORAJAR SEMPRE ”

“ Se alguém queixar-se da vida a seu lado,
responda com palavras de encorajamento.
Não aumente o peso a quem já sente
demasiado o que carrega.

Se alguém se lamenta da vida, procure
mostrar os lados bons e belos da existência.
Não contribua com suas próprias
lamentações para o desânimo do
copanheiro; reanime-o com esperança
e com bom ânimo, com palavras de
incentivo e coragem.

Talvez, desse remédio, dependa a cura
de seu coração desalentado.”

( Torres Pastorinho - Minutos de Sabedoria - 1910/1980 )

13/Abril/2004:

“ DESPERTE ”

“ Não deixe que a rotina arrase sua vida!
Execute sua tarefa com amor, sempre renovado,
porque isto trará alegrias a você mesmo.
A rotina cansa e corrói a alma, desalenta
e carcome o entusiasmo.

Renove, a cada manhã, seu armazém de alegrias de viver.
Ajude a todos e cumpra alegremente sua tarefa,
para receber de volta o benefício,
da felicidade de seu trabalho. ”

( Torres Pastorinho - Minutos de Sabedoria - 1910/1980 )

14/Abril/2004:

“ DESESPERO... O RETRATO DO BRASIL ”

“ Notícia em O Diário de São Paulo: Mineiro diz que queria falar com Lula - Na tentativa de chamar a atenção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o desempregado José Antonio Andrade de Souza, de 40 anos, ateou fogo ao próprio corpo, ontem (13/Abr) de manhã, na Praça dos Três Poderes, em frente ao Palácio do Planalto. Souza usou um produto inflamável para molhar as roupas e ateou fogo. Aos policiais que o socorreram, Souza disse que queria falar com o presidente. Ele é mineiro, mas morava no Espírito Santo até poucos dias atrás, quando chegou a Brasília. Ele foi levado ao Hospital com queimaduras de segundo e terceiro graus em 85% do corpo...

Na Folha OnLine: É grave, porém estável, o estado de saúde do homem que ateou fogo ao próprio corpo, hoje, na Praça dos Três Podres. Segundo boletim divulgado pelo HRAN (Hospital Regional da Asa Norte), José Antônio Andrade Souza, 30, teve 85% do corpo queimado e está profundamente sedado...

Independente de ter 30 ou 40 anos..., o que pensa uma pessoa nos minutos anteriores a um ato desses?
O que deve estar sentindo um ser humano, nosso semelhante, antes de tomar esse tipo de decisão?
Certamente, não deve estar bem consigo mesmo... a felicidade já deve ter dado lugar à tristeza, de há muito... a esperança deve ter sido substituída pela desesperança... o amor próprio já não deve existir, a ponto de fazê-lo ultrapassar o delicado limiar do próprio instinto de preservação...

O Sr. Souza queria falar com o presidente..., mas ele não era da Febraban, nem da Fiesp, nem da Anfavea, nem um Potentado Estrangeiro... Era e ainda é, com a graça de Deus, um simples trabalhador brasileiro, pior, um simples desempregado brasileiro... improdutivo na idade em que poderia ser mais produtivo. Como pôde ousar querer falar com o 'poder'??? Inocência, simplicidade, ingenuidade, DESESPERO...

Talvez fosse sua última esperança..., a mesma esperança acalentada por milhões de brasileiros que, na mesma condição de desempregados, colocaram no atual presidente, um trabalhador, um homem do povo, um homem que já passou fome na vida e sabe como ela é...

'Ahhh, mas ele nem chegou a pedir uma audiência com o presidente', argumenta a assessoria do planalto... Alguém que esteja lendo este artigo acredita, sinceramente e no imo do seu ser, que se o pobre infeliz assim procedesse seria atendido??? Será que não foi barrado 'do lado de fora dos portões' ??? Santa hipocrisia que campeia impune pelos corredores do poder desse nosso Brasil de meu Deus, e que insiste em querer justificar o injustificável...

O Sr. Souza foi tão desafortunado, na sua triste resolução, que não conseguiu sequer chamar a atenção da 'massa', visto os refletores da grande mídia estarem apontados para o 'Garotinho' e para os problemas 'muito mais importantes' do Rio de Janeiro... Afinal, lá são muitos, e ele é um só...

O que não conseguem entender, ou não querem entender, é que os problemas do recrudescimento da violência no Rio de Janeiro, em São Paulo e em todo o Brasil têm um lugar comum: o DESEMPREGO, a MISÉRIA e a DESESPERANÇA!!!

Àquele 'outro senador por São Paulo', em quem milhões de nós votamos na última eleição, perguntamos: quantos seres humanos devem incendiar os próprios corpos para que V.Exa. entenda serem as PESSOAS mais importantes do que o GOVERNO, um ente abstrato que não existe por si mesmo e que V.Exa., bem como todo o CONGRESSO e os demais poderes, devem trabalhar em prol dessas pessoas, para que possam ter uma vida melhor, uma vida digna, não apenas no futuro, mas desde sempre e que o EMPREGO é o alicerce???

Ao Presidente, eleito sob o signo da ESPERANÇA do sofrido povo brasileiro, questionamos:

Passado mais de um ano, onde estão os milhões de empregos prometidos por V.Exa. ??? 'Não tenha medo de ser feliz', disse V.Exa. ao povo, por muitos e muitos anos, até que acreditamos em sua promessa... Onde está a FELICIDADE, Sr. Presidente??? Quando vemos os mesmos vícios em seu governo, quando vemos os mesmos projetos esdrúxulos em seu governo, quando vemos V.Exa., a exemplo do anterior, viajando e viajando para 'beijar as mãos dos poderosos do mundo', sem se importar com um SIMPLES BRASILEIRO que ateia fogo ao próprio corpo??? Quando vemos e sentimos em nós, o mesmo DESEMPREGO, a mesma MISÉRIA e a mesma DESESPERANÇA???Será que a FELICIDADE que prometestes, também não é deste mundo ???

E ainda temos que aturar o TEATRO da discussão em torno do aumento do mínimo que ficará, em qualquer das hipóteses, em torno dos US$100 (cem dólares), enquanto que em qualquer país civilizado do mundo os mínimos variam entre US$1500 e US$ 3000... isso mesmo, entre um mil e quinhentos e três mil dólares... Até quando seremos submetidos à ESCRAVIDÃO ???”

( Engº Celio Franco - Portal Nosso São Paulo - 1959/**** )

15/Abril/2004:

“ FAÇA O AMBIENTE ”

“ Afaste-se dos ambientes ruins.
Evite as pessoas mal intencionadas.
No entanto, se sua presença puder melhorar,
sem que com isto sofra sua alma,
leve a virtude, mesmo ao antro do vício.

Mas faça como o sol,
que ilumina e saneia o pântano,
sem que seu raio de luz e calor
dali de afaste enlameado e fétido.
Seja você o espelho vivo de sua fé. ”

( Torres Pastorinho - Minutos de Sabedoria - 1910/1980 )

16/Abril/2004:

“ ONDE AS NOVIDADES SURGEM ”

“ Em toda a história do mundo, os grandes protagonistas aprenderam tudo aquilo que lhes serviria para abrirem seus próprios caminhos, não nas salas de aula, onde as velhas maneiras de se fazer as coisas são ensinadas, mas nas fábricas e nos laboratórios, onde as novidades surgem. ”

( George Gilder - 'Riqueza e Pobreza' - 1939/**** )

19/Abril/2004:

“ NA BATALHA DA LUZ CONTRA AS TREVAS ”

“ Sabemos que nos cumpre vencer o principal inimigo da VERDADE: o Materialismo. À luta, pois! Cada um de nós em seu setor, combatamos todos, sem hesitação, o Rancor oposicionista. Batalhemos todos, sem temor, contra a Rotina retardatária. Guerreemos todos, sem arrefecimento, a Perseguição.
Mas, na luta, empreguemos somente as armas nobres dos Cavaleiros da VERDADE: a Humildade, a Prudência, a Tolerância e a Persistência. Sim, essas as nossas armas.

Na batalha da Luz contra a Treva outras não são permitidas que as do Evangelho. ”

( Ermance Dufaux - S. Luiz - 'Prof. Rivail - A Missão' - 18/ABR/1857 )
Quer dar sua opinião sobre este texto? CLICK AQUI e Fale Conosco!!!

20/Abril/2004:

“ FAÇA O AMBIENTE ”

“ Na vida, somos menos professores e mais alunos;
todos os dias ensinamos alguma coisa,
e aprendemos muito mais. ”

( Newton Fernandes - ' Sociologia Jurídica' )
Quer dar sua opinião sobre este texto? CLICK AQUI e Fale Conosco!!!

22/Abril/2004:

“ NOSSA HOMENAGEM A WANDA CANUTTI ”

“ A Profª Wanda Canutti, médium psicógrafa da Sociedade Espírita Kardecista O Consolador, de Araraquara-SP, após uma profícua existência e incansável trabalho a serviço do bem, nas lides do Mestre dos Mestres de Nazaré, nos deixou em 20 de Abril de 2004, por volta das 21 horas, em Araraquara-SP, após terrível batalha, de longo tempo, contra uma doença impiedosa.

A escritora araraquarense, sob a pena espiritual de Eça de Queirós, nos lega obras preciosíssimas, de leitura cativante, treze das quais já editadas e algumas em processo de lançamento, iniciando pela conhecida 'Getúlio Vargas em Dois Mundos, que já ultrapassa a 10ª edição, onde o ex-presidente nos faz um relato de sua vida, nesta e na outra dimensão, alertando para os perigos do 'brilho do poder', passando por temas atualíssimos como 'Rastros do Vício', onde o problema das drogas é analisado, de forma inédita e na forma de romance, sob os prismas das dimensões material e espiritual e 'O Bem e o Mal', onde é tratado, de forma magistral, outro tema polêmico da sociedade moderna: o homossexualismo. Outros temas já publicados: Depende de Nós, Um Amor Eterno, Foco de Luz, O Preço da Vingança, Em Nome de Deus, Elos do Passado, A Camponesa da Casa de Pedra, O Amor Sempre Vence, Almas a Caminho da Redenção e O Tempo.

Importante frisar que todos os direitos autorais das obras foram cedidos, pela autora, à obras assistenciais. Finalizamos essa ínfima homenagem com um trecho do último romance, O Tempo:

'... Levemos, pois, ao Mundo Invisível, as ações no bem, tendo sabido utilizar adequadamente o nosso tempo em todos os seus minutos, porque ele é que é, na nossa vida, o instrumento mais eficaz com o qual contamos para o nosso aprimoramento. Não nos acomodemos, porque ele aprecia ser bem utilizado e não desperdiçado por aqueles que o vêem passar sem nada fazer, ou que o utilizam em ações indignas. Ele caminha sempre em frente e jamais para ou retorna, mas aos que sabem aproveitá-lo em toda a plenitude de seus mínimos momentos, faz-se como o maior condutor do progresso espiritual.'

Com toda certeza, a Profª Wanda Canutti soube bem aproveitar o seu tempo entre nós, e chega ao Mundo Invisível com grande bagagem de ações no bem !!! ”

( Eng. Celio Franco - ' Biografia de Wanda Canutti' )
Quer dar sua opinião sobre este texto? CLICK AQUI e Fale Conosco!!!

23/Abril/2004:

NO RITMO DOS CLIENTES ”
'A Estratégia dos Líderes - 1'

“ Uma ameaça maior, para as empresas de consultoria e serviços, do que a tendência de terceirização de mão-de-obra para outros países é a possibilidade de se adquirir tudo em uma única compra - software, hardware, integração e serviços - o que as grandes fabricantes, particularmente a IBM, estão em condições de oferecer. Para manter sua posição, é revigorante para essas empresas aprender o quanto for possível sobre os seus clientes, e ajudá-los a atingir seus objetivos de negócios.”

( Rand Blazer - 'CEO da BearingPoint' - Info.Week MAR/2004' )
Quer dar sua opinião sobre este texto? CLICK AQUI e Fale Conosco!!!

26/Abril/2004:

“ PENSAMENTO GLOBAL ”
'A Estratégia dos Líderes - 2'

“ Este ano será um ano de vencedores e perdedores para a indústria da tecnologia. É uma questão de execução e de como você associa seus produtos à satisfação dos clientes; para isso, a CISCO está se dedicando estritamente ao desenvolvimento de produtos em seis tecnologias emergentes: segurança, telefonia IP, redes de armazenamento, redes ópticas, comunicações sem fio e redes domésticas. Todas as seis tecnologias têm o potencial de se transformar em mercados avaliados em 1 bilhão de dólares, pela companhia.

Quando você vê as pessoas investirem em TI, percebe uma correlação entre o aumento da produtividade e o aumento do produto interno bruto - PIB. No entanto, com todos os benefícios da tecnologia, podemos estar perdendo a oportunidade de realmente utilizá-la para mudar, não apenas o futuro dos negócios, mas o futuro de países inteiros e também o padrão de vida dos seus cidadãos. Para fazer isso, é necessário um enfoque multi-segmentado, pelos governos, pelas empresas e pelos setores de educação, assim como é preciso um intenso encorajamento e apoio por parte dos fabricantes. Eu realmente acredito que os empregos e um futuro melhor vão para onde está a força de trabalho com melhor educação, para onde existe a infra-estrutura certa e o apoio por parte do governo.”

( John Chambers - 'CEO da Cisco Systems' - Info. Week MAR/2004' )
Quer dar sua opinião sobre este texto? CLICK AQUI e Fale Conosco!!!

27/Abril/2004:

“ UMA VISÃO AMPLA ”
'A Estratégia dos Líderes - 3'

“ Quando a empresa mudou sua razão social, há seis meses, deixando de usar o nome Dell Computer, foi um ato simbólico do desejo de ir além do seu legado, como fabricante de hardware e software baseados em Intel. Hoje, a Dell está revendendo uma ampla variedade de equipamentos, entre produtos de imagem, monitores e impressoras. Esses produtos deverão render mais de um bilhão de dólares neste ano.

Outro aspecto é a bem-sucedida venda de servidores Intel com quatro processadores, que vem substituindo o hardware proprietário em muitas aplicações, mesmo em universidades e laboratórios de pesquisas.

Este deve ser um ano de recuperação da economia, mesmo que em modestos 2%. No entanto, existe uma preocupação referente as más condições de várias empresas na indústria de TI. Elas estão entregando muitos produtos, mas não estão ganhando dinheiro, e isso é um problema.

Quanto ao tema da terceirização 'offshore', o que a companhia fez não e nada de novo ou surpreendente, pois administra um negócio global, que está em crescimento, e isso significa que as operações também vão continuar a crescer. Nos casos em que profissionais estrangeiros de suporte técnico auxiliam clientes norte-americanos, a prioridade da empresa é garantir que este suporte seja adequado, pois o objetivo é melhorar a capacidade dos nossos profissionais em qualquer parte do mundo. Em 2003, a receita da companhia aumentou em cerca de 10%, chegando aos 40 bilhões de dólares e, se tudo acontecer como planejado, a previsão é atingir 60 bilhões de dólares em 2006.”

( Michael Dell - 'CEO da DELL' - Info. Week MAR/2004' )
Quer dar sua opinião sobre este texto? CLICK AQUI e Fale Conosco!!!

28/Abril/2004:

“ MISSÃO - TRANSFORMAÇÃO ”
'A Estratégia dos Líderes - 4'

“ A Unisys é muito boa em processamento de missão crítica, esse é o nosso ponto forte. Para a Unisys, terceirizar significa terceirizar processos de negócios, e não os tradicionais serviços de TI. Esse tipo de oferta se transformou em uma commodity dominada por empresas como Computer Sciences, IBM e EDS.

A terceirização dos processos de negócios (business process outsorcing), dá à Unisys a oportunidade de competir em importantes áreas, como serviços financeiros e saúde, que devem aumentar os investimentos em tecnologia em cerca de 4% a 6% este ano. Essas empresas estão preparando muitos projetos de TI para o processamento de imagens, consolidação de processos em negócios relacionados a pagamentos, tais como cheques, cartões de crédito e hipotecas, aperfeiçoamento dos serviços Web e adequação a novas legislações.

A empresa ainda tem um contrato com o Ministério da Defesa dos EUA, referente ao uso do Military Health System (Sistema de Saúde do Setor Militar), para fornecer consultoria e serviços de segurança de informações, contrato que foi ampliado para cobertura de 220 bases, em comparação com as 29 anteriores.

Também a segurança das informações é uma área de crescimento para a Unisys. No ano passado, os rendimentos no setor aumentaram em dois dígitos, apoiados em contratos com o governo dos EUA. A Unisys está trabalhando com a Sara Lee e os portos de Seattle/Tacoma, Nova York/Nova Jersey e Los Angeles/Long Beach, para testar a utilização de tecnologias de identificação por radio freqüência e biométrica, visando garantir que as entregas não sejam manipuladas ao longo do caminho. Não existe nenhum cliente ou cliente em potencial que não esteja preocupado com a questão da segurança.”

( Larry Weinbach - 'CEO da Unisys' - Info Week MAR/2004' )
Quer dar sua opinião sobre este texto? CLICK AQUI e Fale Conosco!!!

29/Abril/2004:

“ AGENTE DA MUDANÇA ”
'A Estratégia dos Líderes - 5'

“ Depois de 30 anos no setor da tecnologia, esta é a minha décima recessão, e a situação sempre pode melhorar, assim, espero que isso aconteça.

Para este ano, a Intel planeja investir 200 milhões de dólares em companhias emergentes, desenvolvendo tecnologias que permitirão às pessoas acessar música, fotos e outros tipos de conteúdo digital em suas casas, por meio de seus computadores, aparelhos de som, televisores e dispositivos de mão (hand-helds computers). No ano passado, a companhia investiu centenas de milhões de dólares nas empresas Micron Technology e Elpida Memory, fabricantes de memórias DRAM (Dynamic Random Access Memory).

Os objetivos maiores da Intel são dinamizar ainda mais a integração entre T.I. e TELECOM e expandir a presença global da companhia. Há dez anos, estávamos no auge da era do computador, hoje, estamos na era dos negócios pela internet e daqui a dez anos estaremos realizando coisas muito interessantes no setor das ciências médicas. Nesse tempo, a tecnologia permitirá que médicos combinem computadores, sensores e recursos de comunicação em dispositivos que possam realizar análises do corpo humano, em tempo real e no nível molecular.

Do ponto de vista global, uma das maiores questões apresentadas é a concorrência entre países, no que se refere a empregos. Estão surgindo a China, a Índia e a Rússia como importantes participantes da infra-estrutura econômica mundial. Isso tem criado um evento semicataclísmico, daqueles que acontecem apenas uma vez: de repente, surgem três bilhões de novos profissionais, cujos padrões de vida são substancialmente baixos, mas cujos níveis de educação são altos. Isso significa que existem muitos talentos internacionais disponíveis, por um baixo salário. Conecte a isso recursos de comunicação instantânea, através de redes de fibras ópticas, e as informações se tornam disponíveis imediatamente, em qualquer lugar do mundo. Não faz nenhuma diferença se você está em Nova York ou em Pamang, na Malásia.

Minha esposa e eu acreditamos que a educação é o presente mais importante que se pode dar a qualquer criança, por isso centralizamos nossas atividades filantrópicas, principalmente na educação. Nós dois fomos afortunados por termos o auxílio de bolsas de estudo, quando cursamos a universidade, e queremos garantir a outras pessoas a mesma oportunidade que tivemos.”

( Craig Barret - 'CEO da Intel' - Info Week MAR/2004' )
Quer dar sua opinião sobre este texto? CLICK AQUI e Fale Conosco!!!

30/Abril/2004:

“ COMO E PORQUE SOU ROMANCISTA ”

“ [...] Foi essa leitura contínua e repetida de novelas e romances que primeiro imprimiu em meu espírito a tendência para essa forma literária que é entre todas a de minha predileção? Não me animo a resolver esta questão psicológica, mas creio que ninguém contestará a influência das primeiras impressões. Já vi atribuir o gênio de Mozart e sua precoce revelação à circunstância de ter ele sido acalentado no berço e criado com música. Nosso repertório romântico era pequeno; compunha-se de uma dúzia de obras, entre as quais primavam a Armanda e Oscar, Saint-Clair das Ilhas, Celestina e outros de que já não me recordo.

Esta mesma escassez, e a necessidade de reler uma e muitas vezes o mesmo romance, quiçá contribuiu para mais gravar em meu espírito os moldes dessa estrutura literária, que mais tarde deviam servir aos informes esboços no novel escritor.

Mas não tivesse eu herdado de minha santa mãe a imaginação de que o mundo apenas vê as flores, desbotadas embora, e de que eu somente sinto a chama incessante, que essa leitura de novelas mal teria feito de mim um mecânico literário, desses que escrevem presepes em vez de romances.[...]”

( José de Alencar - 'Academia Bras. Letras' - 1829/1877 )
Quer dar sua opinião sobre este texto? CLICK AQUI e Fale Conosco!!!

 

Portal Nosso São Paulo - www.nossosaopaulo.com.br